"Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão...."

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Te deixo ir



Espera.
Espera um pouco
Acho tão incongruente você ir
Tateio no escuro os motivos
Precisas mesmo partir?
Derramo-me no vento para segurar-te
Ele corta-me
Você parte.
És anjo em letras de areia
E embora o teu sorriso eu leia
Sinto muita saudade
Eu não criei anticorpos pra tanta realidade
Penso, con(sinto) e calo
E quando falo
Que já consigo seguir
Apaixonadamente
Perco-me propositalmente
em Ti




peguei la no blog da Angelica -http://vorticelins.blogspot.com/  não resisti.

Um comentário:

  1. Fiquei honrada pela sua escolha de postar aqui.

    Be:)os e volte sempre!

    ResponderExcluir

"As coisas vão dar certo. Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz, se não tiver, a gente inventa". Caio F Abreu.