"Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão...."

quarta-feira, 1 de junho de 2011






"Amor pra mim é ser capaz de permitir
que aquele que eu amo exista como tal,
como ele mesmo.
Isso é o mais pleno amor.
Dar a liberdade dele existir
ao meu lado
do jeito que ele é."



Adélia Prado


7 comentários:

  1. Oiê Dja!!!

    Que post perfeito!!! A frase traduz um relacionamento saudável, quando ambos se querem bem nenhum precisa se anular ou subjugar o outro, há um compartilhar natural e espontâneo porque o que mais importa é estarem recíprocamente felizes e bem, uma pena que seja tão difícil, raro mesmo de encontrar. A foto é muito bonita!!!

    Bjus lindona!!!

    Bia :)

    ResponderExcluir
  2. Viver e deixar viver, as vezes é complicado fazer isso principalmente quando se ama alguém, mas quando se consegue é tudo lindo e perfeito realmente, beijão Dja :-)

    ResponderExcluir
  3. que lindo!!!!!!

    hoje estamos fazendo homenagem a esta grande poetisa....meu post tb é dela...

    bjo e meu carinho...sempre pessoa querida...

    Zil

    ResponderExcluir
  4. concordo com adélia. isso é uma nobreza, aceitar o outro como ele é, que ele tem o direto de ir, inclusive. o amor não nos prende, nos liberta.


    =)

    bjsmeus

    ResponderExcluir
  5. Bom dia amor..e essa é a maior dificuldade.....aaa te adoro de montão..saudades de tu amor..bjs e abraço de urso..

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde Lindona.

    Onde andas, saudade de ti.

    Menina...usei essa frase da Adélia em uma resposta no FB na segunda...pena que poucos conseguem enxergar o Amor assim...

    Bjosss meus, enSOLarados!!!

    ResponderExcluir
  7. LIndas palavras. Adorei a imagem! bjinhus

    ResponderExcluir

"As coisas vão dar certo. Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz, se não tiver, a gente inventa". Caio F Abreu.